• blog | Escola Pós- Pandemia: quais desafios nos esperam?

Escola Pós- Pandemia: quais desafios nos esperam?

Estávamos adaptados a uma rotina muito bem estabelecida, quando o mundo foi surpreendido pela pandemia de Covid-19. De um dia para o outro, aulas foram canceladas e escolas fecharam as portas, forçando professores, alunos e responsáveis a encarar a dura realidade da educação remota: ainda compartilhamos conhecimento, mas somente através da tela de um computador a muitos quilômetros de distância um “ombro amigo”.

Embora o choque inicial tenha sido impactante, superamos inúmeros obstáculos ao longo desses últimos meses; nos reinventamos como educadores e educandos e aprendemos massivamente sobre o universo das multitecnologias. Mesmo assim, o sentimento geral é de exaustão e, a cada notícia sobre uma possível vacina de imunização ao vírus, sonhamos que nossas crianças voltem a estudar dentro da sala de aula – ambiente que julgamos ideal para trocas mais profundas e significativas.

Mas, então, o que podemos esperar da escola em um contexto pós-pandêmico? Regressaríamos à normalidade imediatamente ou estaríamos diante de mais um extenuante processo de adaptação e superação de obstáculos?

Esses são alguns desafios que precisamos ter em mente quando o assunto é o retorno às aulas presenciais:

Novas medidas de proteção coletiva – a escola para a qual regressaremos não será a mesma escola que deixamos para trás. Mais e mais instituições de ensino têm reaberto suas portas antes da chegada da imunização e, portanto, o uso obrigatório de máscaras, o distanciamento de carteiras e a redução ou extinção do horário de intervalo (conhecido por alguns como “recreio”) são cuidados que ilustram uma rotina de restrições. A escola que antes era um espaço de brincar, correr, cair e ser acolhido para além do aprendizado do conteúdo didático, a partir de agora também ensinará novas maneiras de socialização.

Defasagem e desnivelamento – que cada aluno tem seu próprio ritmo de aprendizado, todo educador já sabe. Porém, as discrepâncias são agravadas pela pandemia e pela acomodação forçada do ensino remoto ao nosso dia a dia; ambientes inadequados para os estudos, problemas de conexão e falta de foco e da supervisão de um adulto são alguns dos fatores que prejudicam o ano letivo de muitas crianças. A escola do contexto pós-pandêmico tem de estar preparada para lidar com o desnivelamento de alunos em um mesmo grupo. Talvez essa seja uma grande oportunidade de diálogo entre educadores e responsáveis, para que estes, juntos, avaliem o que realmente é melhor para o aprendiz.

Insegurança – apesar de todas as medidas preventivas, a escola ainda precisará enfrentar muitas inseguranças e incertezas tanto por parte dos alunos como por parte dos funcionários. O mundo está lidando com um vírus que a ciência não decifrou por completo, nem é capaz de controlar. Mesmo com todas as precauções, o ambiente escolar não será infalível e isso poderá causar medo e ansiedade em todos aqueles que necessitam compartilhar desse espaço.

Calma! Nem tudo está perdido! Embora existam muitos desafios pela frente, o contexto pós-pandêmico também traz avanços e evolução para a escola: professores têm aprendido abundantemente com a educação remota, integrando inúmeros tipos de linguagens e tecnologias às aulas; alunos vêm se tornando aprendizes mais independentes ao passo que se tornam mais empáticos, colaborando uns com os outros e auxiliando àqueles que precisam de ajuda.

Afinal, como em todo período de crise, problemas e obstáculos existem, mas a escola pós-pandemia será um lugar para professores mais modernos e qualificados, recebendo em seu ambiente educadores e alunos equipados com ferramentas potentes e capazes de revolucionar o jeito de ensinar e aprender.

Marina Farias, professora My Hub

APROVEITE E RECEBA NOSSAS NOVIDADES E OFERTAS POR EMAIL

Todos os diretos reservados В© - 2022 - My Hub

My Hub
Open chat
Fale conosco!